Novo seguro ajuda produtor frente aos desafios do trigo 1024 576 Atua Agro
Seguro ajuda produtor de trigo

Novo seguro ajuda produtor frente aos desafios do trigo

Com o intuito de oferecer uma proteção a mais ao agricultor, a Atua Agro, com o apoio da Syngenta, passa a oferecer uma condição diferenciada e atrativa em relação às demais opções do mercado

 

Com estimativas de crescimento entre 5% e 10% da área plantada em relação à de 2019, os produtores de trigo estão animados para a safra de 2020. O plantio começa em maio e segue até julho em diversas regiões – em especial no sul do país-, e a expectativa de rentabilidade, aliada ao preço da commodity acima da média histórica, favorece as perspectivas.

No entanto, mesmo em meio a tantas expectativas favoráveis, o plantio do trigo segue permeado por desafios.

Por ser muito sensível em relação a outras culturas, o trigo é ainda mais suscetível a condições climáticas extremas – tais como a seca e a chuva excessiva, principalmente no momento da colheita.

Com isso, o sucesso de uma safra não depende apenas de seguir as melhores práticas, utilizar produtos de primeira linha e fazer o monitoramento constante da lavoura. Os fatores climáticos têm peso fundamental nessa equação.

“Por conta dessa sensibilidade, pelos riscos com geadas e granizos e por conta de experiências passadas de sinistro, muitos produtores ainda o plantam com certa cautela”, observa o Gerente de Seguros da Syngenta na América Latina, Jairo Costa.

Além de adotar tecnologias para o plantio, uma solução capaz de proteger contra imprevistos e garantir a saúde do negócio é a contratação de um seguro.

SEGURO ATUA AGRO: APOIO ESSENCIAL AO PRODUTOR RURAL

Para atender à crescente demanda por seguros agrícolas, a Atua Agro passou a oferecer, nesta safra, duas condições diferenciadas e atrativas em relação às demais opções do mercado ao produtor de trigo: o Risco nomeado, que cobre perdas por granizo e geada, e Multi Risco, que cobre danos por diversos eventos naturais, como chuva excessiva ou seca extrema, ventos fortes, inundações, incêndios, entre outros.

O principal diferencial das modalidades é a condição especial não só em taxas, mas também em cobertura.

“Para o produtor, esta é uma condição interessante, uma vez que, geralmente, as demais seguradoras oferecem a média do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Este seguro oferece 10% a mais de cobertura, o que pode corresponder a um valor de duas ou três sacas a mais de indenização”, observa Costa.

Segundo o gerente de seguros, a intenção com essa nova modalidade é, principalmente, oferecer tranquilidade ao produtor, protegendo seu investimento e/ou custo de produção, no caso uma frustração de safra decorrente de variações climáticas.

Operado pela Swiss Re, este novo seguro reforça o compromisso da Atua Agro em apoiar o produtor com o objetivo de contribuir para que o plantio atinja excelentes níveis de produtividade e que seja sustentável ao longo prazo.

A Atua Agro busca cada vez mais compreender as necessidades do agricultor frente aos seus desafios, bem como observar os resultados no campo como uma conquista de todos.

Para saber mais sobre este novo seguro, suas condições e qual o produto ideal a cada necessidade, basta ir até uma loja Atua Agro, onde um time de especialistas está pronto para auxiliá-lo nestas e outras questões pertinentes ao cotidiano do campo. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado